Arquivo da tag: mapa online

Big Data & Mapas

Uma quantidade enorme de dados está sendo gerada atualmente. Para se ter uma ideia, o volume de dados produzidos pela humanidade desde o princípio até 2003 é igual ao produzido no presente a cada dois dias. O termo big data (megadados) descreve esse imenso volume de dados.

Nunca antes as pessoas tiveram a capacidade de coletar, analisar e publicar informações em tal escala de massa. As tecnologias digitais estão mudando também as formas de relação dos habitantes com o espaço urbano. E as ferramentas digitais com serviços de mapas online expandem os limites da compreensão do espaço urbano.

Diferentes estudos utilizam os megadados e relacionam as atividades dos indivíduos com o espaço urbano para mostrar como a atividade social em uma cidade é distribuída, revelando padrões espaciais. Este trabalho, do CASA/ UCL, utilizou os dados que os usuários disponibilizam na rede social Foursquare, quando fazem check-in ao acessar algum local usando smartphones com GPS, para mapear a “impressão digital da atividade social” para Nova Iorque com base em 592.062 check-ins em 7.049 locais durante o período de março de 2009 a julho de 2010. Para o autor, estes dados fornecem informações sobre a popularidade dos espaços sociais e, portanto, uma medida de densidade de interação social que está fortemente associada à paisagem física, revelando a relação entre redes sociais online e a paisagem urbana.

Iniciativas “artísticas” também tiram partido das informações que os habitantes geram nas suas atividades diárias e disponibilizam na Web voluntariamente. O projeto Tags and the City renomeia as paradas de metro de cidades como Nova Iorque, Londres, e São Francisco a partir das hashtags mais populares do Instagram para “obter uma imagem muito boa de como a cidade é fotografada e o que está acontecendo onde”. Em Berlin, por exemplo, Bundestag virou #reichstag, Potsdamer Platz #sonycenter, e Kochstrasse #checkpointcharlie.

 

Similarmente, o “artista de dados” Eric Fischer, no seu projeto Locals & Tourists utiliza o poder dos dados do MapBox e do Twitter para criar mapas de cidades que mostram a concentração espacial dos tweets dos moradores locais em comparação aos dos turistas.

Geo.Canoas – dados urbanísticos na internet

O portal Geo.Canoas, idealizado pelo Instituto Canoas XXI, é um ótimo exemplo de democratização de informações geográficas, pois permite consulta de mapas topográficos e de ordenamento urbano na web, reunindo dados que antes ficavam centralizados nos computadores da Prefeitura Municipal. Por meio dessa ferramenta, lançada no início deste ano, qualquer cidadão tem acesso ao mapa de lotes da cidade, com diversas camadas de informação disponíveis, como, por exemplo, cadastro de logradouros, topografia, hidrografia, equipamentos comunitários e imagem de satélite atualizada.

Merece destaque a disponibilização de informações urbanísticas, como o ordenamento urbano, com seus respectivos índices e usos permitidos, e as diretrizes viárias, com seus respectivos perfis viários – tudo isso conforme o Plano Diretor do município. As informações vão aparecendo conforme se aumenta o nível de zoom, e consultas podem ser feitas mediante um simples clique no mapa.

Geo.Canoas1

Geo.Canoas2

Iniciativas como essa vem ao encontro das tendências mais recentes de transparência pública, além de constituírem importantes ferramentas de planejamento urbano e gestão, já que órgãos públicos e privados podem ter fácil acesso a dados urbanísticos.